Mucajaí

A criação, evolução e estágio atual do Município

 

O município teve sua origem em 1951 como Colônia Agrícola. Teve seu crescimento atrelado à construção da BR-174. Com a instalação da Unidade do 6° BEC em 1970, foram construídas casas para as famílias dos operários, originando um núcleo comercial e também sendo parada obrigatória dos viajantes que esperavam pela balsa, bem como, para descanso e abastecimento. Sendo próximo a capital, com um potencial madeireiro bem expressivo e as atividades agrícolas propicias atraíram novos moradores. O rio Mucajaí deu origem ao nome do Município.

 

Pelos estudos do SEBRAE-RR, as primeiras famílias a chegarem a Mucajaí foram as de Raimundo Germiniano de Almeida, Joaquim Estevão de Araújo, Genésio Rufino, Lindolpho Braga Pires e Chagas Pinto, oriundas do nordeste. Na época, não havia estradas e o único meio de transporte era o fluvial.

 

O município de Mucajaí foi criado em 1° de julho de 1982 (Lei n° 7.009), limitando-se ao norte com o município de Alto Alegre e Boa Vista; ao sul e a oeste com o município de Iracema e a leste com o município de Cantá. As principais vilas são: Apiaú, Lama, Tamandaré, Prata e São Raimundo e distam da sede do município em 53, 45, 22, 25 e 30 km, respectivamente.

 

No Estado, é o único município que encena a Paixão de Cristo, durante a Semana Santa. Sua vegetação é composta de florestas tropicais úmidas, densas, de baixa e média altura nas regiões mais planas, e densas de baixa altura nas regiões mais altas; possuindo áreas de lavrados no extremo nordeste.

A Bacia hidrográfica deste município é composta pelos rios: Couto de Magalhães, Mucajaí, Apiaú, Catrimãni e Branco.

 

Está a 50,4 km da capital, sua área territorial é de 12.751,255 km2, o clima é tropical úmido e a temperatura média anual é de 26°C. O gentílico é mucajaiense. No relevo, a superfície é plana e fortemente ondulado com elevações isoladas.

 

Segundo o Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE-2002), o município apresenta ocorrência dos seguintes minerais: Zirconita, Brita, Turfa, Pedras de Cantaria/Rocha Ornamental, Seixo, Areia e Argila.

Os primeiros administradores

 

Os prefeitos de Mucajaí desde a sua criação foram: Joaquim Freitas Ruiz; Luiz Francisco Rodrigues; Airton Antonio Soligo; Manoel de Souza Rufino; Francisco Mendes da Silva e Antonio Nunes Cruz.

 

A prefeita eleita que administrou o município no quatriênio 1997-2000 fora a Sra. Terezinha de Jesus Dal Corrêa e o poder Legislativo Municipal era composto por 09 vereadores e o Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Mucajaí fora o Sr. Vonúvio Gouveia Praxedes, eleito para o biênio 1997/1998.

Os prefeitos eleitos para o exercício de 2001/2004 fora o Sr. Aparecido Vieira Lopes e o presidente da câmara Vonúvio Gouveia Praxedes.

 

No exercício de 2005 a 2008 fora eleito o prefeito Antonio Nunes Cruz e para a câmara Valmir Barbosa Cruz.

 

O prefeito eleito em 2008 do município foi o Sr. Elton Vieira Lopes para o quadriênio 2009 a 2012. O Poder Legislativo Municipal era composto por 09 (nove) vereadores. O presidente da Câmara Municipal era o vereador José Cabral Sobrinho eleito para o biênio de 2009-2010.

 

A administração atual

 

O prefeito eleito em 2012 do município de Mucajaí foi o Sr. Josué Jesús Paneque Matos para o quadriênio 2013 a 2016. O Poder Legislativo Municipal é composto por 09 (nove) vereadores. Quanto ao presidente da Câmara Municipal até a presente data a informação não foi obtida.

 

Para os cargos de vereadores e seus respectivos votos, foram: Jadson Nunes Melo, 389; Zilma Rufino de Souza, 372; Valteni Nunes de Almeida, 321; Sebastião Nunes Cruz Neto, 320; Ivan Molina, 300; Francisco dos Santos Lima, 297; Denis Derkian Conceição Silva, 292; Mário Rodrigues de Andrade, 277; José Cravino de Oliveira Filho, 270.

 

Produto Interno Bruto (PIB)

 

O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos num período (mês, semestre, ano) numa determinada região (País, Estado, Cidade, Continente). O PIB é expresso em valores monetários (no caso do Brasil em Reais). Ele é um importante indicador da atividade econômica de uma região, representando o crescimento econômico.

 

O PIB do município de Mucajaí ocupou a 6ª posição no ranking do PIB dos municípios do Estado de Roraima em 2011 com valor de R$ 181,6 milhões. Deste valor as participações do PIB nos três setores da economia ficaram distribuídos assim, primário (15,92%), secundário (10,64%) e terciário (73,44%).

 

Em relação ao PIB per capita, que é calculado dividindo-se o valor do PIB pelo número de habitantes, indica quanto cada habitante produziu em determinado período. É um dos indicadores mais utilizados para medir o crescimento econômico, no entanto não revela a qualidade de vida da população. No município de Mucajaí este valor em 2011 foi de R$ 12.058,00.

 

Comércio exterior

 

Comércio exterior á uma atividade de destaque em qualquer economia. Dentre os principais indicadores tem-se, a de exportação, importação, corrente de comércio e saldo da balança comercial.

 

A exportação retrata o volume de bens envidados ao exterior, as importações o volume de bens recebidos do exterior e a corrente de comércio a soma das exportações e importações que dá a dimensão do comércio exterior do país e seu grau de abertura comercial.

 

A Balança Comercial é o resultado das transações de exportações menos as importações de mercadorias. É a conta que demonstra as movimentações entre países, na forma de produtos primários, semi-processados ou de utilização final, destinada ao consumo e à formação de capital fixo; é a conta de maior expressão para a maioria dos países.

 

Resumidamente, a Balança Comercial é a relação entre as exportações e as importações de um país. Quando o valor das exportações excede o das importações, o país apresenta um superávit, tornando-se credor do estrangeiro; de outra maneira, quando as importações são maiores que as exportações, o país está em dívida com o estrangeiro e apresenta um déficit na Balança Comercial. Entre os fatores que contribuem para esse fato, destaca-se a evolução dos preços das importações e exportações de um país e a evolução dos volumes importados e exportados.

 

Os principais produtos exportados do município de Mucajaí no período de 2009 a 2013 foram, madeiras perfiladas não coníferas, madeiras serradas e cortadas em folhas, madeira de coníferas perfilada. Não houve importação de produtos neste período de acordo com dados estatísticos do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC/SECEX.

 

Agropecuária

 

O setor agropecuário do município de Mucajaí apresenta um importante componente da economia local, tendo como destaque na agricultura a produção de mandioca, arroz, banana, milho, tomate e melancia. Na pecuária destaca-se o rebanho de bovinos, galináceos, suínos e eqüinos. Para os produtos de origem animal destaca-se a produção de mel, leite e ovos. Também possui relevância os produtos do extrativismo vegetal, tais como madeira em tora, lenha e carvão vegetal.

 

Turismo

 

Datas festivas e históricas

 

Carnajaí – 02 a 05 de fevereiro

Paixão de Cristo – abril

Dia da Padroeira de Mucajaí – 13 de maio (Nossa Senhora de Fátima)

Aniversário do município – 1 de julho

Festa Folclórica – agosto - apresentação de contos, lendas e teatro.

Festival de música de Mucajaí (FEMUM) – 08 e 09 de novembro

 

Pontos Turísticos

 

Entre os pontos turísticos de Mucajaí, destaca-se:

 

Rio Mucajaí e corredeiras - limita o município de Mucajaí com o de Alto Alegre, parte do município de Iracema e Boa Vista, desembocando no rio Branco pela margem direita. Ali se encontram as corredeiras do Querosene, Funil, Arrombo, dos Índios, da Lata, do Parafuso, do Prego, Sete Ilhas, Comissão e Paraíba, adequadas à prática da canoagem. O acesso é feito através da Vila Tamandaré, depois da ponte de Mucajaí entra na primeira vicinal à direita, aproximadamente 30 km da sede do município.